Máquina de fusão de Fibra Óptica: O que você precisa saber

Compartilhe:

Uma máquina de fusão de fibra óptica é uma grande aliada de qualquer provedor de internet. Apesar de ser um equipamento muito útil, também necessita de um maior cuidado, uma vez que o manuseamento inadequado pode gerar consequências negativas. Pensando nisso, a CCN elaborou este artigo, com o básico sobre o que você precisa saber sobre este tipo de equipamento.

Calibração e Manutenção

A frequência de calibração do equipamento de fusão varia, e muito, com o modo de utilização do mesmo. Você pode chegar até a não ter que calibrá-lo, dependendo do estado do equipamento. Em relação a manutenção, naturalmente peças como bateria e eletrodos precisarão de troca. Além disso, algumas máquinas possuem a função de reset do programa, que o redefine para a versão original de fábrica.

Para evitar diversos problemas com sua máquina, realize uma manutenção preventiva quando julgar que é necessária. Outra dica é limpar os eletrodos após terminar de utilizá-la. Basta utilizar álcool isopropílico e um cotonete para prevenir danos irreversíveis. Não deixe de fazer a calibração do arco e do motor durante uma manutenção. Além disso, seja cuidadoso com as peças que integram o produto, lembre-se de que elas são delicadas. Outro ponto importante também, é a lâmina de diamante. Um erro bastante comum é fazer a troca da mesma quando se percebe que o corte já não está perfeito. Entretanto, basta girá-la para que ela volte a funcionar corretamente. É necessário trocá-la apenas quando ela for totalmente utilizada.

Clivagem e Alinhamento

De maneira alguma, se deve pular a etapa de decapagem, limpeza e clivagem da fibra antes de colocá-la na máquina de fusão. Este processo é essencial para que a máquina identifique que a fibra está padronizada e não ocorra falha. Configure a máquina para o tipo de fibra que será utilizada, este passo garante muito mais qualidade durante a fusão.
Ao comprar uma máquina de fusão de fibra óptica, atente-se ao tipo de alinhamento. Há dois tipos: pelo núcleo ou pela casca. Para fibras monomodo, o ideal é alinhar pelo núcleo, pois a precisão é maior na hora de executar a emenda. Já o sistema de alinhamento pela casca, também chamado de V-Groove Fixo, funciona bem para casos em que as fibras são de mesmo padrão e/ou fabricante.

Posicionamento das fibras

O equipamento pode rejeitar a fusão ou fazê-la com má qualidade se ao colocar a fibra, a ponta encoste nas paredes da máquina. Outro ponto que também gera problemas, é a proximidade das fibras com os eletrodos. É importante que eles não se toquem. A aproximação necessária para a fusão, é feita através dos motores do aparelho.
Com essas informações, a incidência de defeitos de suas máquinas de fusão de fibra será menor e você poderá utilizá-las por muito mais tempo! Quer compartilhar mais alguma informação sobre o assunto? Então não deixe de comentar!